Out

Out

SEGUIDORES

...

...

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Utopia.




Todas as pessoas são pecinhas de um gigante quebra-cabeça e como pecinhas de um quebra-cabeça, cada pessoa é unica. As peças são únicas, todas são importantes pra constituir o TODO, mas nenhum é importante sozinha, só para si. Todas as pecinhas precisam se unir para o TODO se concretizar. Mas para isso você precisa saber o seu lugar no mundo, pra poder ajudar o TODO a se construir. Essa é a sua tarefa de vida, descobrir o seu lugar para ajudar o TODO a ser construir. Se você for egoísta e ficar sozinho, você só estará atrasando um curso natural e prejudicando as outras pessoas e o TODO, que são todos os outros montando o quebra-cabeça. Cada um é importante e especial para o TODO, sem uma única pecinha o quebra-cabeça não está completo, e todas as peças precisam achar o seu lugar. Para achar o seu lugar, as peças precisam ter noção de suas principais características, o que as fazem ser únicas e indispensáveis. Qual o seu lugar? Qual a sua tarefa de vida? Por que você está assim? Tentar responder essas perguntas é tentar montar o quebra-cabeça. Talvez você nunca consiga montá-lo, ou demore muito tempo. Mas o que te guia, o caminho que você segue, se for de coração, será sempre a favor de encontrar o seu lugar, e você tem seu lugar!
O TODO são todas as pessoas juntas, que encontraram a si mesmas e o seu lugar no mundo. É uma utopia, mas a utopia existe no horizonte para nos fazer caminhar, nos dar um caminho, sonhos e ânimo para alcançar alguma coisa. Os sonhos são assim: mirar as estrelas para acertar o avião. Não importa se você vai conseguir, o importante é nunca deixar de caminhar, porque se você deixar de caminhar nunca poderá saber se chegou ou não ao alvo do horizonte. Mas sabe qual o único jeito de encontrar a si mesmo e o seu lugar no mundo? Olhar pra dentro de si, conhecendo você de verdade, seu eu verdadeiro. E pra isso você também tem que olhar para o TODO, e conhecer o TODO. Por isso que as reações inter-pessoais são tão importantes, e a relação intra-pessoal também.
Você tem que buscar o auto-conhecimento, essa é a sua tarefa. Encontrar o seu lugar é só consequência. E como você se auto-conhece? Você conhece a si mesmo vivendo. Mas você tem que realmente estar VIVO, não pode estar no "piloto-automático". Você tem que ficar atento aos sinais ao seu redor, sinais que a vida te dá para você aprender. O seu maior objetivo nessa vida é aprender, mas o mais difícil é que não tem professor, você tem que ser auto-didata e ficar de olho nos sinais que a vida te oferece, são as suas tarefas, as suas chances de desvendar o enigma e "passar de fase".
A vida está o tempo todo te ensinando e você não percebe, não se dá conta disso. você está muito ocupado traçando metas e objetivos e tantando cumpri-los, cumprir com seus afazeres, responsabilidades. E depois fica tão cansado que só pensa em descansar, ter prazer, divagar, alienar, curtir a vida, fechar os olhos pro mundo... o que são duas coisas boas sim, mas também precisamos achar um espacinho aí entre essas duas coisas, bem no meio de dois extremos, para o auto-conhecimento, a reflexão, a filosofia. É importante encaixar um pouco de filosofia no seu dia-a-dia, encaixar um pouco de reflexão e auto-conhecimento na sua rotina.
O importante é refletir e tentar entender os sinais q a vida te dá, tentar decifrar o enigma. O destino é um enigma, os acontecimentos da nossa vida são um enigma. A vida está o tempo todo querendo te ensinar, te mostrar o seu caminho. Ela quer ajudar você a encontrar seu lugarzinho no quebra-cabeças. E a sua vida vai sempre querer te ajudar nisso, porque a tarefa dela é te mostrar quem você é e onde você se encaixa, só assim você será realmente feliz, e ninguém vai poder tirar isso de você, porque seu lugar é único, só seu.
De vez em quando é bom você parar para tentar entender o que ela quer que você aprenda. Porque você é assim, é único, especial, tem o seu lugar. Nunca ninguém poderá te substituir, e você terá seu papel no TODO, um papel e um lugar só seu, assim você terá o seu verdadeiro valor. É a utopia que nos faz caminhar, por favor, nunca pare de tentar.