Out

Out

SEGUIDORES

...

...

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Eu quero sempre mais, e mais, e mais....







Dizem que a gente tem o que precisa. Não o que a gente quer. Tudo bem. Eu não preciso de muito. Eu não quero muito. Eu quero mais. Mais paz. Mais saúde.Mais dinheiro. Mais poesia. Mais verdade. Mais harmonia. Mais noites bem dormidas. Mais noites em claro. Mais eu. Mais você. Mais sorrisos, beijos e aquela rima grudada na boca. Eu quero nós. Mais nós. Grudados. Enrolados. Amarrados. Jogados no tapete da sala. Nós que não atam nem desatam. Eu quero pouco e quero mais. Quero você. Quero eu. Quero domingos de manhã. Quero cama desarrumada, lençol, café e travesseiro. Quero seu beijo. Quero seu cheiro. Quero aquele olhar que não cansa, o desejo que escorre pela boca e o minuto no segundo seguinte: nada é muito quando é demais.


(Caio F. Abreu)

5 comentários:

  1. =)

    São os desejos próprios da adolescência e dos poetas

    não te digo para não desejares tanto, digo-te apenas para não deixares de desejar, é esse o problema da maior parte das pessoas, esquecem o que realmente vale a pena...

    beijinhos.

    ResponderExcluir
  2. Que bom que gosta daqui, fico muito feliz também!
    Comigo está tudo ótimo, e você como está?
    http://casos-demulher.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Cuando queremos eso con tanta ansiedad y próposito, sólo tiene que darse en multitud de deseos cumplidos como gotas de lluvia.
    Precioso Post.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  4. adorei tudo por aqui ! parabens .. bjos assa la no meu e me seguii.. bjos

    ResponderExcluir
  5. Muito poética !!!Amei suas citações...
    Quem sabe vc lança em breve um livro...

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!

Volte sempre

Um grande beijo da Gabi :)