Out

Out

SEGUIDORES

...

...

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Arrepio.





"Então você sentou ao meu lado, meu corpo começou a arrepiar, senti o calor da sua pele e o ar estava com o seu cheiro. Você não disse nada, pegou a minha mão e colocou no meio das suas; nunca fui tocada por mãos tão macias e precisas. Eu queria te olhar e falar tantas coisas que nem sei explicar. Parecia que você estava me entendendo, não fez perguntas. Sua mão percorreu a minha nuca, depois meus cabelos e sua boca acabou encontrando a minha. Nos beijamos um longo tempo e eu coloquei a cabeça no seu peito. Não me sentia confortável, mas me sentia segura. Me sentia bem, mas levemente confusa. Ficamos quietos, havia muito para ser dito. Durante algumas horas o silêncio falou por nós. E ele foi quebrado. Tínhamos que resolver as nossas vidas. Minha barriga estava cheia de borboletas e eu pude ouvir o seu coração. O seu olhar era terno, quis te encher de cuidados. Te abracei de um jeito que sua cabeça ficou no meu ombro e seus cabelos ficavam no meio das minhas mãos. Seu riso foi solto e você disse que iria acabar dormindo; isso não podia acontecer, pois você queria ficar acordado me observando. E foi então que eu descobri que os seus olhos contam histórias. Já era noite e eu tive que ir; queria ter ficado, mas fui. A despedida foi estranha, cada abraço foi demorado, estávamos prevendo; será?"


Clarissa Corrêa

Saudade.




"A saudade é a faxineira da memória"

Carpinejar

Os 5 "Fs" da vida....




São os 5 "Fs" da vida:

-Força
-Fé
-Felicidade
-Fidelidade
-Foda-se.

De todos, o último é o meu preferido. Mas o primeiro e o segundo são os que eu estou adotando agorinha mesmo com toda a minha bela e esbanjadora esperança =D

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Segredos.




Onde você está?
Está dentro dos meus maiores segredos
Entre as minhas maiores confissões
Enroscado na minha intimidade
Possuindo todo o calor em mim
Entalado no peito
Com o coração na garganta
Enrolado nas tentações
Está lá, intimamente ligado a mim.

De dentro pra fora.



"A gente nunca pode julgar o que acontece dentro dos outros"

Caio Fernando Abreu

Eu quero sempre mais, e mais, e mais....







Dizem que a gente tem o que precisa. Não o que a gente quer. Tudo bem. Eu não preciso de muito. Eu não quero muito. Eu quero mais. Mais paz. Mais saúde.Mais dinheiro. Mais poesia. Mais verdade. Mais harmonia. Mais noites bem dormidas. Mais noites em claro. Mais eu. Mais você. Mais sorrisos, beijos e aquela rima grudada na boca. Eu quero nós. Mais nós. Grudados. Enrolados. Amarrados. Jogados no tapete da sala. Nós que não atam nem desatam. Eu quero pouco e quero mais. Quero você. Quero eu. Quero domingos de manhã. Quero cama desarrumada, lençol, café e travesseiro. Quero seu beijo. Quero seu cheiro. Quero aquele olhar que não cansa, o desejo que escorre pela boca e o minuto no segundo seguinte: nada é muito quando é demais.


(Caio F. Abreu)