Out

Out

SEGUIDORES

...

...

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Dentro das minhas memórias.



Por todos os meus pensamentos
O meu amor está em todos os lugares
Por tudo o que eu vejo
Sua lembrança estará dentro de mim
Porque em cada lugar que vou
A cada detalhe que conheço
Cada pedaço do mundo
Me faz querer você comigo
Porque em cada canto dos meus sonhos
Em cada pensamento que tenho
Você é parte integrante
De tudo que é mais bonito em mim
Procuro pelas ruas da minha vida
Tantos e tantos pedidos
Mas vejo que você me faz esquecê-los
E com você sou intensamente feliz
Porque com tantos e tantos desejos
Você se resume a tudo o que mais quero
E está aqui comigo
Em um abraço apertado
Dentro das minhas memórias
E do meu coração
Agora eu tudo está claro
E vejo em meus olhos
O quanto te amo
E o quanto quero viver ao seu lado
Você está nos meus planos
Na minha memória
Mas o meu importante
Você mora dentro de mim
Em todo o lugar que vou
Só posso pensar em você.

8 comentários:

  1. Caulquier aroma, cualquier detalle, cualquier color...nos recuerda al Amor de nuestra Vida.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  2. - Então de que vale procurar? - perguntou ela.
    - Não procuramos. Aceitamos, e então a vida passa a ser muito mais intensa e mais brilhante, porque entendemos que cada passo nosso, em todos os muitos da vida, tem um significado maior do que nós mesmos. Entendemos que, em algum lugar do tempo e do espaço, esta pergunta está respondida. Entendemos que existe um motivo para estarmos aqui, e isso basta.
    "Mergulhamos na Noite Escura com fé, cumprimos o que os antigos alquimistas chamavam de Lenda Pessoal, e nos entregamos por inteiro a cada instante, sabendo que sempre existe uma Mão que nos guia: cabe a nós aceitá-la ou não."
    Brida- Paulo Coelho

    Paz e Luz

    ResponderExcluir
  3. obrigada pela sua visita

    beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Que poema mais belo. Quando se ama, o amor se faz presente em tudo. Beijinhos.

    ResponderExcluir
  5. Quando amamos, temos as provas de que o AMOR é presença constante em tudo.

    ResponderExcluir
  6. Como é bom quando nosso amor está em todos os lugares...Amei!
    Um abraço querida poetisa!

    ResponderExcluir
  7. São mudas as neblinas nesta ilha
    É de pobreza o pão que alimenta o meu sentir
    Oiço o mar com os meus próprios dedos
    Parti do desencontro dos meus derradeiros medos

    Parti e deixei no cais mil dúvidas
    Lembrei tempos que corri feliz pelas amoras
    Nesses dias bebi sofregamente a vida
    Nesses dias a minha alegria era incontida

    Um radioso domingo


    Doce beijo

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!

Volte sempre

Um grande beijo da Gabi :)