Out

Out

SEGUIDORES

...

...

sábado, 22 de janeiro de 2011

Um lado chamado "meio-termo".






Olá queridos leitores =D

Vamos fazer uma pausa para uma reflexão (ou seja, hoje não farei humor de mal gosto).


Conheci dois tipos de garotas bem diferentes, e observei elas.

Uma era muito tímida, mas tinha um sorriso lindo e encantador e, por isso, era cheia de amigos. Ouvia a todos com extrema atenção, mas tinha tantos problemas emocionais dentro de si que nunca conseguiu ir bem nos estudos, e sempre ficava de recuperação, tendo que fazer aulas de reforço. Não tinha muito tempo para si mesma, pois dava todo o seu tempo para os amigos, com medo de perdê-los. Ouvia tanto seus amigos tagarelarem que ficava cansada, mas sempre arranjava forças para dar atenção à eles e mantê-los perto de si. Vou chamá-la de garota 1.

A outra era muito extrovertida, e tinha tanta energia que até irritava. Era muito ativista também, sempre querendo mudar as regras e fazer tudo do jeito dela. Achava que a opinião dela era sempre a mais valiosa e inovadora, nunca levando em consideração o sentimento dos outros. Por isso era solitária e vivia se queixando das pessoas que não gostavam dela. Era a melhor aluna da sala e a mais "puxa-saco" dos professores. Todos os professores amavam seus elogios. Vamos chamá-la de garota 2.

A garota 1 resolveu esquecer de si mesma para manter seus amigos por perto. Eles, por sua vez, nunca perguntavam o que ela sentia, se ela estava bem: sempre falavam deles, da vida deles e dos problemas deles. Por isso, ela nunca desabafou e sempre guardou para si suas reclamações. Todas as meninas amavam a garota 1 por isso, mas os meninos nunca derão atenção à ela.

A garota 2 sabia que não tinha muitos amigos, mas não queria admitir que era por causa do seu jeito egocêntrico e mandão. Dizia que tinha poucos amigos porque as pessoas tinham inveja dela. As meninas detestavam ela por causa disso. Mas todos os garotos eram apaixonados pela garota 2, e todos só andavam com ela porque queriam namorá-la, não por amizade. Nem os garotos gostavam dessa menina, só de sua aparência de esteriótipo.

A garota 1 queria ser como a garota 2, mas guardava esse desejo para si. Ela queria ter a atitude que a garota 2 tinha, queria ser amada pelos meninos, queria pensar mais em si mesma e queria ser extrovertida e boa aluna como a outra menina era.

Um belo dia, a garota 1 resolveu começar a andar com a garota 2.

A garota 2 achava a garota 1 uma "sem sal", um tapete das outras garotas. E ela adoraria ter um tapete. Por isso, virou amiga da garota 1.

A garota 1 tornou-se um tapete. A garota 2 sempre colocava ela para "baixo", sempre dizia que era melhor que a amiga. E a garota 1 acreditava. Ela acreditava que era um lixo perto da garota 2.

Então, por que a garota 1 andava com a garota 2?

Porque assim ela era popular e tinha a atenção dos meninos.

E assim elas passaram o fundamental e o ensino médio juntas. A garota 1 perdeu toda a sua personalidade e individualidade, tornando-se dependente da amiga. A garota 2, sempre a mais cobiçada, não ligava nunca pros sentimentos de ninguém e era sempre a mais briguenta e barraqueira.

Elas cresceram. A garota 1 nunca foi ela mesma, nem teve coragem de ser porque sua amiga era muito intimidadora.

A garota 2 virou atriz e ficou famosa. Até hoje usa a garota 1 para ter um "tapete" e se sentir " a melhor, a mais bonita".


E aí? Onde você se encaixa?



Pense um pouco sobre isso.



;**

2 comentários:

  1. Sabe, classificar em sim e não, um e dois, bem e mal é tão simples que complica o entendimento.

    Mas... Todo mundo pode acabar mudando. Enquanto fui garota 1, deixei que existisse uma garota 2. Hoje em dia, sem a garota 1 a garota 2 simplesmente definhou... Se ela assume? Não. Se virou garota 1 por causa disso? Também não. E eu, virei garota 2? Não, acho que tô no "meio-termo"...

    adoro ;D
    ;**

    ResponderExcluir
  2. É Laís, também estou no meio termo... Por isso que eu coloquei esse título =D

    ;**

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!

Volte sempre

Um grande beijo da Gabi :)